Anvisa aprova vacina da Pfizer contra Covid para crianças entre 6 meses e 4 anos

  • 17/09/2022
(Foto: Reprodução)
Imunizante será aplicado em uma dosagem diferente do que para as outras faixas etárias. Anvisa aprova vacina contra a Covid-19 da Pfizer para crianças de 6 meses a 4 anos A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta sexta-feira (16) a aplicação de vacinas contra a Covid-19 da Pfizer em crianças entre 6 meses e 4 anos de idade. Compartilhe no WhatsApp Compartilhe no Telegram A aprovação da Anvisa permite que a vacina seja usada no país, entretanto o Ministério da Saúde - responsável pelo calendário de vacinação - não informou se já tem previsão de compra e entrega dos imunizantes. Antes dessa aprovação, o uso do imunizante da Pfizer só era permitido em crianças com mais de 5 anos no Brasil. A partir dos 3 anos, as crianças já podiam receber a vacina CoronaVac. A autorização acontece após uma análise de dados e estudos clínicos conduzidos que indicam a segurança e eficácia da vacina para bebês e crianças nessa faixa etária. O imunizante terá dosagem e composição diferentes: o processo de imunização será em três doses de 0,2 mL (equivalente a 3 microgramas). Até agora, apenas crianças maiores de 5 anos podiam tomar a vacina da Pfizer. Ascom / PMP As duas doses iniciais devem ser administradas com três semanas de intervalo, seguidas por uma terceira dose administrada pelo menos oito semanas após a segunda dose, completando o esquema vacinal. A vacina da Pfizer está registrada no Brasil desde o dia 23 de fevereiro de 2021. Em 16 de dezembro de 2021, a Anvisa já havia autorizado a indicação da vacina para a faixa etária de 5 a 11 anos. A tampa do frasco terá uma cor diferente para facilitar a identificação pelas equipes de vacinação para esta faixa de idade. Será na cor vinho. Para o público de 5 a 11 anos a cor é laranja e para acima de 12 anos, roxa. O imunizante da Pfizer - Comiraty será administrado em diferentes doses, de acordo com a faixa etária. Reprodução/Anvisa Para a avaliação, a Agência contou com a análise de especialistas da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT), Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), Sociedade Brasileira de Imunologia (SBI) e Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP). LEIA TAMBÉM Vacinação contra a Covid: 103,5 milhões de pessoas tomaram a dose de reforço Em dois anos, Covid mata 3 vezes mais crianças do que outras 14 doenças mataram em 10 anos, aponta Fiocruz Vacinação em crianças Dados do consórcio de veículos de imprensa desta sexta-feira (16) apontam que 14.065.194 doses foram aplicadas em crianças com 3 a 11 anos, que estão parcialmente imunizadas - o número representa quase 53,23% da população nessa faixa etária que tomou a primeira dose. As crianças que estão totalmente imunizadas nesta faixa de idade são 9.476.480, o que corresponde a 35,86% da população deste grupo. Segundo levantamento do Observatório da Primeira Infância, o Brasil registrou, em média, duas mortes de crianças menores de 5 anos por dia desde o início da pandemia, em 2020. Entre janeiro e 13 de junho de 2022, o Brasil registrou um total de 291 mortes por Covid-19 entre crianças menores de 5 anos. Os resultados demonstram que crianças de 29 dias a 1 ano de vida são as mais vulneráveis. Os dados foram coletados no Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM) entre 2020 e 2021, e analisados pelos coordenadores do Observa Infância, Cristiano Boccolini e Patricia Boccolini. Initial plugin text VÍDEOS: quais são as principais vacinas contra a Covid

FONTE: https://g1.globo.com/saude/noticia/2022/09/16/anvisa-aprova-vacina-da-pfizer-para-criancas-entre-6-meses-e-4-anos.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Anunciantes